Que tal levar uns Tapas da Verdade? — Fernando Ramos

Há muito que não venho até aqui para fazer a resenha de um livro. Aliás, meu ritmo de leitura caiu muito, porque não tenho andado de transporte público com tanta frequência. Na época da faculdade eu passava cerca de 5 horas dentro de ônibus e metrôs, entre idas e vindas de casa para o serviço, […]

O Livreiro de Cabul – Åsne Seierstad

Intenso e revoltante, “O livreiro de Cabul” é uma narrativa desenvolvida pela jornalista noroeguesa Åsne Seierstad, correspondente na guerra do Afeganistão logo após a queda do regime Talibã, sobre a vida de uma família Afegã tradicional, que a acolheu e revelou suas nuances.Não se trata de uma trama completa, lembrando um pouco o estilo pulp […]

Bala na agulha – Marcelo Rubens Paiva

Lembrando muito o estilo narrativo de romances policiais, Bala na agulha é uma crônica que narra em grande estilo um curto período na vida de Flávio Castilho, filho de um aclamado político brasileiro, que se envolve em uma trama de vícios, sexo, poder, familia e dinheiro.Flávio, traficante e prostituto, em busca de uma guinada em […]

O Natimorto – Lourenço Mutarelli

Intrigante. Foi assim que consegui definir o livro “O Natimorto”, de Lourenço Mutarelli (autor dos romances “A Arte de Produzir Efeito Sem Causa”, “Jesus Kid”,  “Miguel e os Demônios”, além do conhecido “O cheiro do ralo”, que virou filme dirigido por Heitor Dhalia e estrelado por Selton Mello, e outros gêneros como peças teatrais e […]

Todos os Nomes – José Saramago

Imagine um prédios descomunal, onde são registrados com letra de mão todos os nomes, sobrenomes e datas dos vivos ou mortos do mundo todo. Saramago imaginou, e registrou em um livro intitulado “Todos os Nomes”. O que me motivou a ler este livro foi exatamente o nome. O autor tem a peculiaridade de não dar […]

Memórias Póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis

Imaginem um livro onde o fim está na capa. “Memórias Póstumas de Brás Cubas” é um bom exemplo. Sim, o protagonista morre, mas morre bem antes de começar o livro, há exatamente 160 capítulos depois do prefácio. Machado de Assis encarna um “malandro cultural” chamado Brás Cubas; um homem de muitas idéias e poucas realizações […]

O Cordeiro – Christopher Moore

Simplesmente o livro mais engraçado que já li. “O Cordeiro” traz à tona um dos assuntos mais controversos da história mundia: a infância de Cristo.Com muito humor, drama, tragédia, emoção e kung fu, Biff (o chapa, brother, camarada, parceirão e amigaço de J.C.) conta como foi sua infância ao lado da maior personalidade de todos […]